Dicas para sua prova de Trilha/ Asfalto – Trail Run

  • Como todos sabem as provas de trail e asfalto tem um percurso bem diferenciado e em determinados momentos bem mais intensos que a corrida no asfalto.

-O objetivo do treinamento é estar tranquilo na distância que irá realizar, por exemplo pra quem irá fazer 10km (ou uma outra   distância  em específico,  seja ela qual for) é  importante que já consiga fazer a mesma no asfalto sem grande dificuldade, o ideal, sem dificuldade. É muito importante treinar trechos específicos visualizando o que vamos encontrar no dia da prova; subidas, descidas, areia fofa, areia batida, escadarias, asfalto etc . 

“Quanto mais adaptados estamos às superfícies, menos provável que nos cansemos logo”

“E o cansaço compromete a biomecânica, o que está relacionado a um aumento na probabilidade de lesões .”

(Runners World Brasil , Junho 2015)

-A planilha específica pra esse tipo de prova tem que ter treinos  (visando a distância que será realizada), treinos intervalados (em terreno plano,  subida e descida ) e treinos combinados (simulando trechos da prova )  e claro variações de intensidades. A preocupação com a duração e o volume do treino são os dois pontos que devem ser seguidos  e vivenciados com afinco .

– Os treinos de trail e asfalto se tratando da parte de trail, requer além de outras questões que vou tratar abaixo de uma atenção muito grande de quem realiza esse tipo de prova, por conta dos trechos irregulares, elevações, pedras no caminho etc  . A concentração e a atenção quando se trata da Natureza é sempre essencial.

– Percepção do seu corpo, tem que ter uma percepção aguçada pois terá momentos que não vai dar para correr e terá que caminhar, em outros dependendo da prova terá que utilizar as mãos para apoio (tem uma galera que gosta de utilizar luvas ou o bastão de apoio), resumindo você tem que estar atento a prova e ao percurso para se portar mecanicamente de modo adequado ao que o terreno te requisitar naquele momento .

– O corpo é mais exigido nesse tipo de prova as vias energéticas do nosso corpo são exigidas de modo conjunto, imagina você durante uma hora ou mais, correndo 10 minutos na areia, após isso realizar uma série de agachamentos,  correr por mais 15 minutos no asfalto, descer escadas, correr mais uns 10 minutos de subida e descida. É por aí o trabalho que acontece quando você corre uma prova diversificada quando se trata de terrenos diferentes, elevações, etc.

      Diversos grupamentos musculares trabalhados e exigidos,  as nossas fontes de energias todas são requisitada, de modo “intervalado” ou  em conjunto .

    É por isso que o trabalho na musculação não pode ser deixado de lado e também tem que ser direcionado.

  • Além desses pontos já citados , um bom alongamento e um bom fortalecimento da região central do corpo, Abdômen, e musculatura da região da coluna vertebral são essenciais.   
  • Dica importante que vale para toda prova de corrida, se possível teste suas roupas e equipamentos que irá utilizar, antes do dia da prova, não vá com nada novo para testar no dia da prova. 

Basicamente é isso, 

Se atente ao percurso da sua prova, se possível, vá um dia e conheça onde será o local exato.

“Foque que no treinamento e na disciplina  o resto é só aproveitar a sensação boa da hora da chegada e aproveitar o prazer imensurável de todo trajeto percorrido antes, durante e depois da prova

Rafaela Torres 

Graduada em Educação Física (FAMATH)

Pos graduada em Fisiologia do Exercício (UFRJ)

Treinadora da Speed Assessoria Esportiva

💪💪

Anúncios

4 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s